06 April, 2007

Passos Gélidos.

Vamos nos juntar
falar sobre a era moderna
falar sobre a era antiga
vamos nos reunir
e confabular sobre as ruínas e o tempo

Nossos pés se tornarão gelo
se continuarmos parados
ficando aqui nessa sala congelada
que isso tudo se tornou,
como isso tudo terminou

Foi um grande erro
deixar que tudo congelasse
por tudo que viajamos,
pelas estações que passamos

Todas as mentiras estúpidas
eu deixo pra trás
todas as brigas esdrúxulas
eu deixo no cais

Vamos falar sobre todas histórias
que ainda serão escritas sob os sóis
vamos falar sobre as memórias
que o tempo deixou para nós

E foi isso que sobrou,
frios como a única verdade

Nós estamos congelados
mas a fogueira nunca se apagou.



*Uma parceria com Leonardo Petersen (http://docevomito.blogspot.com)

7 comments:

Line said...

sera q agora esse comentario vai? ¬¬

poema triste de se ler x.x
mas bonito :)
parceria com leo ne! to adorando os poemas dele tb^^

pois eh, com o tempo algumas coisas acabam mudando x.x

=*******

Fê Probst said...

Lindo poema.
beijão

Leonardo Cron0 said...

esse poema ficou com um 'quÊ' de musica..

vamos ver se caio pode fazer algo a respeito :P

Cezar said...

ficou com o que de musica mesmo. e ficou bom.
legal essa coisa de escrever em conjunto.
vou experimentar isso depois.

Monsieur Coçard said...

Brrrrr... muito gelado!!! heuheuhue

abraços

Jefferson P. said...

Bela parceria.. com um toque de "Che". rsrs

Abrçs

Carolina said...

Dá pra virar música mesmooo!

Lindo, lindo!

Beijoos =**