22 January, 2008

Romance Astral.

Deixar a luz entrar, e sentir de novo a claridade
e mudar, o que há tanto tempo eu quis mudar
não sentir aquela dor de novo
vomitar aquele amor que foi vivido e esquecer
eu só, queria voltar e acordar
deixar o dia passar lento e devagar
assim ficar,
não sentir de novo aquele amor
trucidar aquela dor que foi sentida e sofrida
voltar pra casa e pensar,
deixar a luz entrar
esquecer aquela mágoa sem ter medo
encontrar, poder encontrar
todas as coisas que eu não soube dar,
que eu não soube amar
aceitar, deixar que o tempo faça voltar
deslizando no céu entre brumas de mil megatons
vem de abraços e braços abertos como um romance astral,
maluquices obscenas.

6 comments:

marae said...

trucidar aquela dor que foi sentida e sofrida

(eu tamén quero, e de paso, algunhas lembranzas ;-)

Peter_Pan said...

vomite tudo o que for preciso, get rich or die trying HA

Monsieur Coçard said...

eu vou pro mundo da lua, que é feito um motel, aonde os deuses e deusas se abraçam e beijam no céu... :D

♀.mary ienke.♀ said...

Sofrendo por amor???
:O

Lindo texto!

Kiika said...

Que liindo...

Ameii, adoro poemas, até já publiquei alguns em meu blog...

Adorei esse espaço!

Beiijos!!!

Gamer Br said...

Raulzito inspires people!! \o/ Raul for life mano