02 January, 2009

Pequeno Tornado.

Você é o máximo, você está sendo mais do que paciente
dizendo que isso não é uma catástrofe
mas eu não sou o garoto em que você depositou sua fé
sou apenas alguém que se parece comigo

Apesar das conclusões
eu concedi mais uma chance de você me surpreender
e de eu ser melhor do que sou

Pois eu sou apenas um problema para você resolver
e me ver dissolver no calor dos seus encantos,
só me vai fazer correr
e você não vai conseguir me trazer de volta ao campo de tulipas

Faça isso em sua honra
pois eu não sou mais importante
então me faça um favor
se eu hesitar
seja minha redentora
e tire a arma das minhas mãos

Eu poderia ter sido explícito
mas ninguém precisa de um catálogo com detalhes de amor

E se não estiver claro,
eu posso lhe fazer um desenho disso com tinta invisível

E as piadas já envelheceram.

8 comments:

BS said...

Muito lega seu poema...
vim de lá da comunidade :
add o meu tb

www.bsproducao.blogspot.com

mary ienke said...

Quanto tempo, estava sem tempo de postar!

Mas ainda bem que os bons continuam! (rs)
Beijos!

said...

gostei muito... que inspiração!
queria saber fazer poemas ¬¬'

Silv said...

E o não ser explícito torna tudo mais bonito, porque as piadas não envelhecem, elas continuam iguais, e se a graça se vai é porque perdemos o encanto conforme nos deixam desistir de sonhos.

E existe a parte ruim de não ser explícito, as pessoas acham que entendem e comentam o que bem entendem rs

Barb. said...

adorei adorei e adorei.
beijo

Alex Pinheiro said...

"alguém que se parece comigo", hahaha
Nada envelhecida essa pseudo-piada, rs

Abraços e novas invenções!

Lu Arrais said...

Pô, o seu blog é que é legal! Gostei! Adoro poemas, uma das minhas maiores frustrações é não ser boa escrevendo poesia. =(

Gracias pelo comentário!

Besitos

Barb. said...

tem um selo pra vc no meu blog, pega lá se quiser ok ;)

beijo!