08 July, 2007

Apague e Rebobine.

Linhas pretas na minha mente, continuo assim
nunca estive preparado para uma folha branca sem linhas

Tantas vezes você fudeu com o meu carma,
quanto mais forte você bate
mais forte vai ser a sua queda

Tantas vezes eu fudi com o seu dogma,
pra você jogar o jogo e fuder com tudo

Tantas vezes eu absorvi
os diferentes jeitos que você tentou me fuder,
você fez isso antigamente
e vai fazer sempre

Você pode escrever mas não pode apagar.

13 comments:

Felipe Dib said...

P.S - no momento eu me encontro com um computador, vamos dizer, temperamental, ele só funciona quando quer, então não reparem se eu ficar muito tempo sem postar mas eu pretendo fazer o meu melhor com esse computador dramático pra continuar postando, obrigado

e assim acaba o pszinho =P

Line said...

oh, ps!

o seu poema rebelde! hahaha
lembro qndo li ele na sua casa mô.

eu fiz um texto esses dias sobre folhas em branco tb. eu ODEIO folhas em branco. elas me desafiam e eu sempre perco.

volte a postar agora :)

=*********

Monsieur Coçard said...

é... hora de cuspir mesmo, palavras ferem mais do que socos...

abraços

Leonardo Petersen said...

por isso eu ando sempre com uma caneta no bolso. garantia de que não sairá (tanta) merda.

Bruno said...

E mesmo que apague, sempre sobram os sulcos do lápis no papel.

Cara, achei teu blog nos links de nãolembroquem. Belo blog, parabéns!

alex pinheiro said...

Eaê Felipe, vlw pelas palavras em o InventO, mas posso te adiantar que aquilo tudo lá é reprodução de fatos, então eu diria que nem ficaria perto de boas invenções se não tivesse o ódio em palavras irônicas, rs...
...
Meu, se fodeu, fodeu! Nunca será branca folha que já foi escrita,,, Nunca!

Abraços e revoltadas invenções!

Natália Nunes said...

Olá, Felipe.

Encontrei o seu blog através de outro blog, coisas da teia.
:)

Gostei do q vc escreve.
I'll be back.

Diego H. Zimermann said...

hmm...o que sentem as linhas?

Rainha do Drama said...

Nossaaaa

Rebelde moço!!

Gostei da ousadia

Beejocass

Carolina said...

ou você pode apagar que nada vai mudar o que já foi escrito!

Barb. said...

palavras não são apenas palavras, e o problema é apagá-las da memória. beijo

Jefferson P. said...

Que phoda!!

Renata said...

no máximo vírgulas e páginas viradas =)