01 July, 2007

O Truque é Continuar Respirando.

Venha pra dentro do meu mundo,
eu vou mostrar pra você

Meu cérebro e minha fala simplesmente se esbarram
e eles não são amigos tão distantes assim

Minhas palavras não viajam pra muito longe
elas se embaraçam na minha glote
e tendem não ir a lugar algum

Elas crescem exatamente dentro das minhas células,
circulando no citoplasma
para sintetizar e transportar minhas palavras
onde não servem pra muito usar

Nenhuma proteína saudável,
valores nutricionais zero
eu absorvo as palavras de volta pra dentro de mim,
as palavras andam através do meu tecido epitelial
e sentam-se lá, dentro da minha bexiga

Corações se alimentam de cálcio e sódio, batidas
meu coração se alimenta de consoantes e vogais
conseqüências das palavras

Dióxido de carbono,
me leva?

9 comments:

dän said...

lindo seu blog... ontem eu estive por aqui e não achava o "coisinho" de comentarios.

enfim, que ótimo vc ter me visitado! fiquei feliz. obrigada pelo comentário viu! vc escreve muito... PARABÉNS! super beijo.

Monsieur Coçard said...

DNA apaixonado... huhuhu

abraços

Barb. said...

hey! i changed my address (blog just like a pill) ! visit me and add me on your links! See ya!

alex pinheiro said...

cara, a vrdd é que desenvolvi certa aversão à biologia e química desde tempos de colégio... rs,,, e cá eu ralei pra participar de sua poesia,,, :)
O truque realmente é desconsiderar todas as coisas e... continuar respirando...

Abraços e biológicas invenções!

Rafael Velasquez said...

eu parei de respirar.

Rainha do Drama said...

ótimo, vc me ensinou um truque.

Jefferson P. said...

Coração nutrido! rsrsrs

Abrç de poeta!

Rafael Velasquez said...

Tem mais?

Renata said...

só se a adrenaluna puder vir junto.

Visceral =)