01 August, 2007

Buraco Da Fechadura.

Você tem que espiar por aquele buraquinho
assim eu achei uma falha fatal na lógica do amor
por isso envenenada pílula
leve tudo da minha memória

Mas agora eu me levanto
digo que ainda estou apaixonado
se é verdade, o que pode ser feito?
é difícil deixar para trás todos esses momentos

Eu vivo gritando,
não vai me deixar entrar?
me deixe ver um pedacinho dos lugares
escondidos dentro da sua derme

Mas eu não consigo lutar
estava em minhas mãos
somente não sei como tudo caiu
eu só queria poder saltar
mas eu sentei em suas mãos
perdendo a única chance

Preciso voltar para o meu mundo natal
adquirir pés no chão
e deixar de flutuar ao seu redor.

14 comments:

Line said...

eu achei esse poema tao triste :~
bonito, mas triste...
gosto mais dos seus felizes \o/
mas muito bom, como sempre!
=********

Carolina said...

Não acho que desistir seja o melhor...

Clóvis said...

Interessante a idéia.
As imagens, o movimento.
Quase um curta-metragem, só faltou a câmera. rs




Abraço.

maryfoxxx said...

Muito interessante!
Amei os textos!

Voltarei sim!
E já está nos meus favoritos ;)

bjaoo

Menina do Reggae® said...

Que lindo o poema.

Parabéns.

é a primeira vez que venho aqui, e concerteza voltarei.

Obrigada pela companhia para o café

Beijos

Au Revoir

Monsieur Coçard said...

altamente voyeur hein? ;D
heuhuehue

abraços

Maah Ribeiro said...

É bom flutuar, mais tem que ter o pés no chão.
Enfim... concordo com a Line, mto bom o poema mais prefiro os felizes.

^^


=***

Barb. said...

uma pontinha de tristeza, mas sempre adorável ;) take care!

alex pinheiro said...

Quando até a música mais banal e fútil parece escrita pra gente... quando julgamo-nos menor que outrem,,, Forte! Forte! Tens esprimido lágrimas com beleza por acá...

Abraços e tristes invenções!

Diego H. Zimermann said...

Diiib, hmm..........................
não encoste no chão, se não a gravidadde te puxa e voce esquec pra sempre como que se faz pra voar!

Rhenan said...

eu gosto de poemas tristes. =D

e amei esse.

Menina do Reggae® said...

passa para tomar um café, café novo.

beijos, au revoir

Lily said...

adorei o poema!

triste, mas até q foi bem condizente com minha situation atual! hehehe

ainda mais o final dele...

bjksss

Luciana Donadéli said...

me agrada muito teus poemas meu querido e agradeço o elogio.
tens um estilo diferente do que se encontra hoje em dia, e isso é muito bom!

te cuida!